Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de utilização. Ao navegar no site está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais fechar
 

Fundação Museu Nacional Ferroviário - Armando Ginestal Machado




Cartão de Cliente
Projeto Caminhos de Ferro em Portugal

Projeto Caminhos de Ferro em Portugal: do projeto à prática

 

 

Este projeto, subsidiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, decorreu até junho de 2010 e resultou de uma parceria entre a Fundação Museu Nacional Ferroviário e a Câmara Municipal de Lisboa - Hemeroteca Municipal. Tendo como principal objetivo garantir o acesso físico e virtual a duas das coleções essenciais sobre os caminhos de ferro em Portugal – o subfundo arquivístico Comité de Paris (à guarda do Centro Nacional de Documentação Ferroviária) e o Periódico Gazeta dos Caminhos de Ferro (propriedade da Hemeroteca Municipal) – toda a documentação foi tratada tecnicamente, digitalizada e disponibilizada online.

 

O Comité de Paris
O acervo documental designado subfundo Comité de Paris é composto pelo arquivo produzido pela Administração francesa e inglesa da Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses, desde a sua criação. A documentação abarca o período cronológico de 1859 até 1938. Maioritariamente, é composto por atas, correspondência, deliberações, requerimentos, contando ainda com um número assinalável de desenhos técnicos.

 

A Gazeta dos Caminhos de Ferro
A Gazeta dos Caminhos de Ferro, com o subtítulo, De Portugal e Espanha, trata-se de uma fonte incontornável para o estudo dos caminhos de ferro em Portugal. Surgiu em Lisboa a 15 de março de 1888. Na prática, o seu aparecimento era o resultado do desdobramento da Gaceta de los Caminos de Hierro de España y Portugal, passando cada país a ter a sua folha desta especialidade e ao mesmo tempo uma parte na do país vizinho, para dar maior latitude à defesa dos seus interesses. Nas suas páginas temos informação da maior relevância para a história dos Caminhos de Ferro, na sua globalidade, pois aborda os mais diversos aspectos: tarifas de transporte, informação sobre as linhas em Portugal, nas antigas colónias e no estrangeiro, descrições de viagens, relatórios e contas das diversas companhias, cotações dos títulos de caminhos de ferro nas bolsas de Lisboa e Porto, receitas, despesas, legislação, estatística, publicidade, entre muitos outros assuntos.

 

O projeto “Caminhos de Ferro em Portugal” pretende contribuir para a salvaguarda e conhecimento do nosso património cultural esperando a FMNF e a Hemeroteca Municipal de Lisboa que seja útil a todos aqueles que se interessam e investigam sobre caminhos de ferro.

Projecto encerrado em junho de 2010



« Voltar

 
Partilhar
Contratação pública
 
Este website encontra-se em adequação ao Novo Acordo Ortográfico

Desenvolvido por

Site apoiado por