Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de utilização. Ao navegar no site está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais fechar
 

Fundação Museu Nacional Ferroviário - Armando Ginestal Machado




Cartão de Cliente
Inventário Museológico

Núcleo de Inventário Museológico (INMU)

 

InventárioO processo de inventariação da coleção do MNF é um dos eixos axiais do trabalho museológico. Neste contexto, o Núcleo de Inventário Museológico da MNF dispõe de um manual de procedimentos de inventário de base científica. Posteriormente, partindo do cadastro existente, desenvolve-se desde setembro de 2009 o registo e inventário sumário e  desenvolvido, visando a sua utilização no âmbito da produção científica do MNF, bem como a sua disponibilização pública de acordo com as normas definidas. 

 

Privilegia-se o desenvolvimento de uma numeração de âmbito nacional, independentemente da identificação dos núcleos museológicos em cada registo. O novo sistema de numeração iniciou-se pelo material circulante localizado no Entroncamento, utilizando a base de dados adquirida à empresa Sistemas do Futuro, prosseguindo depois pelo material circulante estacionado nos núcleos e depósitos, não só devido à importância desta categoria de objectos no contexto da colecção do museu, mas também por se tratar de uma vertente da colecção que não se encontra ainda inventariada. Posteriormente o inventário alargar-se-á a todo o acervo localizado no Complexo Ferroviário do Entroncamento e restantes núcleo museológicos e depósitos, privilegiando, logo que existam condições para tal, a simultaneidade de intervenção. Compete igualmente a este serviço a atualização constante do sistema de registo patrimonial de inventário.

 

A definição da política de incorporações que determine os critérios dos objetos a incorporar consoante as necessidades e interesses do museu, é outro eixo fundamental. Este instrumento é, não só necessário para a definição do conjunto de bens a incorporar e que constituirão o acervo inicial do museu, mas também para o contínuo e progressivo enriquecimento da colecção. Só com uma política de incorporações coerente e um conhecimento aprofundado do acervo poderemos preservar, potenciar e valorizar o património museológico ferroviário português.



« Voltar

 
Partilhar
Contratação pública
 
Este website encontra-se em adequação ao Novo Acordo Ortográfico

Desenvolvido por

Site apoiado por