Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de utilização. Ao navegar no site está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais fechar
 

Fundação Museu Nacional Ferroviário - Armando Ginestal Machado




Cartão de Cliente
Notícias
Projectos

12 Julho 2011

Documentação histórica da linha de Cascais on-line

Em Julho, a FMNF disponibiliza no seu site documentação histórica do arquivo da Direcção Fiscal de Exploração de Caminhos de Ferro sobre a Linha de Cascais.

Após o tratamento arquivístico e a digitalização da documentação do arquivo da Direcção Fiscal de Exploração dos Caminhos de Ferro sobre a linha de Cascais, a FMNF coloca  on-line mais de 1500 registos arquivísticos e 20300 imagens digitais. A documentação foi conservada até 2008 no Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I.P. (IMTT), que a herdou da Direcção Geral dos Transportes Terrestres, que, por sua vez, a recebeu da Direcção Geral de Caminhos de Ferro. Em 2008 este acervo foi depositado na Fundação Museu Nacional Ferroviário, após a celebração de um protocolo entre esta e o IMTT.
A Direcção Fiscal de Exploração dos Caminhos de Ferro, entidade que superintendia as actividades de construção e exploração das linhas pelas companhias ferroviárias, foi criada pelo Decreto de 9 de Dezembro de 1898, tendo as suas competências transitado para a Direcção Geral de Caminhos de Ferro, criada em 30 de Novembro de 1918, pelo Decreto n.º5039.
A série arquivística agora disponibilizada ao público foi produzida e acumulada no âmbito do exercício das competências da Direcção Fiscal e contém documentação datada do período entre 1874 e 1940. A documentação é constituída predominantemente por documentação textual, embora seja de assinalar a presença de desenhos técnicos, nomeadamente plantas de edifícios ou obras de arte, perfis de linha, troços de linha e plantas gerais. Entre os assuntos tratados contam-se processos relacionados com a construção ou modificação de edifícios, vias, obras de arte ferroviárias, sinalização, comunicação e electrificação; requerimentos e despachos relativos ao licenciamento de obras em espaços dos caminhos-de-ferro ou com eles confinantes; requerimentos e despachos relativos ao licenciamento da exploração de actividades em espaços dos caminhos-de-ferro; expropriação de terrenos, entre outros.
Com a concretização deste projecto a FMNF dá mais um importante passo no âmbito da protecção, valorização e divulgação do património ferroviário. Consulte ainda a Colecção Fotográfica Varela Pécurto e o arquivo do Comité de Paris, já disponíveis no Arquivo Digital.


* Campos Obrigatórios






« Voltar

 
Partilhar
Contratação pública
 
Este website encontra-se em adequação ao Novo Acordo Ortográfico

Desenvolvido por

Site apoiado por